segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Andando, escutando, vendo, aprendendo...

Na caminhada de hoje, vi um menino andando todo feliz de bicicleta, ele passou por mim a mil por hora, e lá na frente, se esborrachou! bateu numa pedra e caiu de barriga no chão, arranhando o cotovelo! A pedra na qual bateu, era na frente da casa do amigo dele, acompanhando a cena vi que a bicicleta era desse amigo do menino. O garotinho dono da bicicleta ficou preocupado com ela e de primeira foi analisar os estragos feitos no guidão de sua bike, o menino gordinho que apertava o cotovelo disse -Eu pago...; mas seu amigo, vendo que o estrago não tinha sido grandioso, disse sorrindo - Não, precisa pagar nada não, vc ta bem?

Fui embora, deixando os meninos resolverem suas meninices...Só as crianças sabem resolver as coisas de criança.

Hoje, quem conversou comigo não foram as árvores, foi o rio. Ele me disse que tem chovido muito, ele estava lá, gritando mais que o normal, para avisar que estava cheio!!Que estava forte, que estava lá. Eu parei pra escutá-lo, ouvi o que tinha a me dizer...me disse tantas coisas, disse que a vida é como ele, correndo, caindo, subindo, em busca de um mar.

Tanta filosofia borbulhando no quintal, e eu enfurnada nos livros.


Beijos pra vc, que entrou na frequência dos meus pensamentos.

Um comentário:

  1. "A natureza é o único livro que oferece um conteúdo valioso em todas as suas folhas.
    bjo bjo guria
    Chris Vieira

    ResponderExcluir