sexta-feira, 18 de março de 2011

Nada de fotos

Olá leitores, amigos, familia etc e tal...sinto saudades de todos voces.

A vida está corrida, mas boa...estou me acostumando com o fato de SER sozinha..e não de ESTAR sozinha...é bem diferente....
Estou me acostumando com as ruas, com as pessoas, com o vizinhos...As reformas na minha casa ainda não acabaram, mas fiquei chateada com a demora, e pedi um prazo para o término dessas obras, disseram que até o final da semana que vem ja estarei com a casa só pra mim, sem reformas, sem pedreiros, sem pó, sem tinta...aff..que sonho

Eu...muito inteligente, me enfiei num trabalho voluntario de ser professora substituta numa escola estadual aqui de Marília, pensei que isso mais pra frente poderia entrar no meu curriculo academico, ou que já poderia ser contado como estagio na faculdade, mas não, descobri que meu trabalho agora está valendo só de boa ação mesmo hehehehehe...mas digo pra vcs, não  há nada mais gratificante do que uma criancinha arregalar os olhos com tremendo espanto e declarar "ahhhhhh tia...entendi" . E por esses "tias, eu to entendendo", estou acordando 6h da manha todos os dias, pedalando 45 minutos entre ladeiras e avenidas, para voltar pra casa por volta das 2h, sem receber absolutamente nada no final do mês....Mas enfim, depois, num futuro qualquer, vou por no meu currilo "x tempo de trabalho voluntario numa instituição de ensino publico" =)
Estou com um projeto de dar aulas extra curriculares para alunos do segundo e terceiro ano do ensino médio, aulas de História, recheadas de arte e filosofia, os alunos me pareceram empolgados com a ideia.

Bom...é isso...sou tia, sou professora, sou ocupada, sou dona de casa, sou estudante, sou mãe de uma cachorrinha que vira e mexe fica doente, sou com saudade, sou carente, sou com sono, sou universitaria, sou aluna, sou namorada, sou filha, sou longe, sou distante, sou chorona...enfim....tudo que tenho direito.

Um beijo grande em todo mundo, saudades imensas de todos em sorocaba, saudade do sitio, do mato, de comida de mãe, de café da manha pronto, de casa limpa, de roupa lavada, saudade de kombi, de sogra, de brócolis, de couve no feijão....ahhhh feijão...saudade de computador em casa, saudade de panela de pressão, saudade de copo de vidro, de igreja, de Milena, de Mae, de Pai, de grama....saudades saudades saudades....

Mas...apesar dos pesares, sou mariliense, estudante de filosofia pela UNESP.

Um grande abraço
Um beijo xuxu.

3 comentários:

  1. Que del'icia te ler, Flor! Teu texto mostra bem a complexidade e intensidade de tudo o que estàs vivendo. Curta muito, querida! Aproveite o gostinho do trabalho voluntàrio (eu tbm tive minha dose lol). Nao vamo oferecer ao Senhor um sacrificio que nao nos custa nada, nao é? Entao, boa noite e boa pedalada! Que Deus te acompanhe.

    Muitos beijos de amor!

    ResponderExcluir
  2. Ufaa!! Que bom que não tem "sou com fome",rsrsrs...como sempre vc.consegue passar com muita competencia tudo que está vivendo.Sou orgulhosa de ser sua mãe,rsrs..
    Oro sempre por vc. Que a presença de Jesus seja uma constante na sua vida. te amo!!
    Mil bjuuss!!

    ResponderExcluir
  3. Até prendi a respiração, lendo tantos "SOU"...
    até senti uma faltazinha de "sou neta"...na boa!
    Bj

    ResponderExcluir