terça-feira, 26 de julho de 2011

O Planeta Vermelho.

Ella é uma menina pensativa....todos sabem disso.

Quando pequena, no inicio de sua adolescencia, Ella ganhou uma luneta. Passava horas e horas observando o céu, seus astros, seus encantos... Se apaixonou por Marte, o planeta vermelho.

Marte sim, era seu mundo....Ella nasceu por acaso na Terra, por um erro das estrelas, por um descuido de Deus.

Ella sonhava acordada, imaginava a vida naquele planeta, a falta de barulho, de outras pessoas, a falta do tempo. Ella imaginava que em Marte só o presente existia, o futuro e o passado não faziam sentido pq quando o momento é perfeito não há necessidade da existencia de lembranças e nem de planos.

A terra vermelha, as montanhas vermelhas....um mundo vermelho.

Tão maravilhoso quanto inalcançavel. Tão distante, tão....imaginario.

Ella, como todo mundo, desistiu de morar em Marte. Mas abriga em seu coração a eterna saudade do lugar que nunca pode estar; guarda com carinho os sonhos que regaram incontáveis noites; esconde com tristeza a vontade de ir pra lá.

Na Terra há felicidade, mas em Marte....o mundo é vermelho.

Beijos.

Um comentário:

  1. Passei por aqui rapidinho, Sel, num momento com net. Gostei do que escreveu. Principalmente a ultima frase. Mas eu estava pensando aqui com meus botoes... Eu acho que se Ella fosse pra Marte ia se decepcionar. Ella acha que nao tem "tempo" em Marte. Mas ele gira em torno de si e do Sol. Eu a imagino facilmente olhar a Terra de longe, e suspirar de vontade de conhecer esse belo planeta azul. O desconhecido é sempre interessante e belo.

    So um pensamento ràpido às 3 da manha =P

    Beijo, Flor. Em breve quero bater um papo cabeça com você, tomando cha :)

    ResponderExcluir