segunda-feira, 20 de junho de 2011

Esperar.

Eu...conclui que:

O que há de mais feliz na vida é a sensação de alívio.
O que há de mais triste é a espera.

Eu esperei. Esperei o dia inteiro, a noite inteira, a vida inteira...pra descobrir mais tarde, que a vida é essa mesma.
O céu não é azul pra transmitir tranquilidade, é só oxigênio e nitrogênio.
As flores são coloridas não pra espalhar felicidade, e sim só por pigmentação.
A maioria das pessoas não se gostam, e sim vivem a conveniência da convivência.
As coisas ruins a vida oferece de bom grado, as coisas boas a gente tem que correr atras, e ainda assim sem garantia de sucesso.
Eu tenho saudades, e só espero.

Pedro Pedreiro

Chico Buarque

Composição : Chico Buarque
Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
Manhã parece, carece de esperar também
Para o bem de quem tem bem de quem não tem vintém
Pedro pedreiro fica assim pensando
Assim pensando o tempo passa e a gente vai ficando prá trás
Esperando, esperando, esperando, esperando o sol esperando o trem, esperando aumento desde o ano passado para o mês que vem
Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
Manhã parece, carece de esperar também
Para o bem de quem tem bem de quem não tem vintém
Pedro pedreiro espera o carnaval
E a sorte grande do bilhete pela federal todo mês
Esperando, esperando, esperando, esperando o sol
Esperando o trem, esperando aumento para o mês que vem
Esperando a festa, esperando a sorte
E a mulher de Pedro, esperando um filho prá esperar também
Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
Manhã parece, carece de esperar também
Para o bem de quem tem bem de quem não tem vintém
Pedro pedreiro tá esperando a morte
Ou esperando o dia de voltar pro Norte
Pedro não sabe mas talvez no fundo espere alguma coisa mais linda que o mundo
Maior do que o mar, mas prá que sonhar se dá o desespero de esperar demais
Pedro pedreiro quer voltar atrás, quer ser pedreiro pobre e nada mais, sem ficar
Esperando, esperando, esperando, esperando o sol
Esperando o trem, esperando aumento para o mês que vem
Esperando um filho prá esperar também
Esperando a festa, esperando a sorte, esperando a morte, esperando o Norte
Esperando o dia de esperar ninguém, esperando enfim, nada mais além
Da esperança aflita, bendita, infinita do apito de um trem
Pedro pedreiro pedreiro esperando
Pedro pedreiro pedreiro esperando
Pedro pedreiro pedreiro esperando o trem
Que já vem...
Que já vem
Que já vem
Que já vem
Que já vem

Um comentário:

  1. ôo filha...o que vc.esperou tanto? ou quem? É mesmo muito ruim esperar..

    Eu tô te esperando desde que vc.foi pra Marília. Tô morrendo de saudades...

    ResponderExcluir