domingo, 7 de novembro de 2010

Voltar ao início.

Redação que fiz na prova do ENEM
Tema: O Trabalho na Construção da Dignidade Humana.

Voltar ao Início


Ainda pequenos, aprendemos que precisamos nos esforçar para sermos "alguém", eu em minha infantilidade pensava "eu já sou alguém". Mais tarde eu entendi que o "ser alguém", era tão somente fazer parte do sistema em que vivemos. Entendi que crescer, estudar e trabalhar nos serve de base para melhor contribuirmos com a sociedade.

Na teoria, todo esse sistema sociológico parece muito lógico, muito bom, poŕem, quando abrimos os olhos da maturidade, enchergamos um mundo onde o egoismo reina nos corações de quase todos, e concluimos que a socidade, criada otrora com tantas boas intenções, se tornou vilã de seus próprios integrantes.

Vivemos hoje, sobre a realidade mórbida de um sistema caótico, onde os patrões exploram os empregados, e estes por sua vez rejeitam seus cargos ao ponto de não trabalharem com todo empenho necessário. Caminhamos pelas ruas olhando para os outros pedrestres como possíveis assaltantes, vivemos com medo, com os portões fechados, bons cadeados e grades nas janelas.

Os jornais diáriamente nos informam dos problemas mundiais, e até chegamos a nos compadecer das dores do mundo, mas não o suficiente para reagirmos à tais problemas, desligamos a televisão e voltamos para nossas "bolhas". A grande questão não é apontar os defeitos, e sim achar as soluções, e para isso, precisamos voltar ao ponto onde ainda tudo caminhava pelos trilhos certos, voltar ao ponto onde a família era mais importante do que o trabalho, onde os pais ainda contavam histórias para seus filhos, onde as famílias tinham um cachorro, uma árvore, enfim, uma vida!Quentionamos a escravidão, mas ainda vivemos nela. Somos escravos de nós mesmos, dos nossos horarios, dos compromissos, dos interesses! Somos escravos de um sistema desumano, de um sistema sem amor.

Amor, esse sim é o pilar que deveria sustentar a sociedade. Devemos voltar a amar de verdade, neste ponto pensamos "como vamos amar seis bilhões de pessoas?', e eu concluo: precisamos dar um passo de cada vez, de início, amando a pessoa ao lado.

Voltemos ao início, à vontade de Deus.

2 comentários:

  1. Muito bom, isso tudo é verdade, as vezes por causa desse sistema... acabamos ficando sistematizados, fazendo tudo roboticamente, até amar! adorei a conclusão!

    ResponderExcluir
  2. Somos escravos de nós mesmos....é verdade...

    ResponderExcluir