quarta-feira, 24 de novembro de 2010

A Igreja

Hoje estamos aturdidos com tantas novas igrejas, nascem umas dez por dia e por algum milagre todas lotam em questão de duas ou três semanas, é uma beleza, quem vê pensa que o Brasil, ou o mundo, já estão tão evangelizados e cientes de Deus que em breve a vida será uma eterna bonança. Mero engano.

O que há hoje não são igrejas, são templos, belas construções recheadas de gente que se acomoda no banco sem saber porquê. Lotadas de pessoas que têm a plena certeza que se obedecerem as ordens do pastor ou pastora serão extremamente recompensados. Vão à igreja na triste ilusão de que lá está a salvação.

Para se entender a salvação, primeiramente deve-se entender o erro. Do mesmo jeito que existem várias estradas que levam à mesma cidade, existem várias maneiras de nos chegarmos a Deus e ouvirmos a sua voz, de uma maneira completamente única e pessoal. Não existe um conjunto de regras que te levem a Deus, ou melhor, existe, e não deveria existir. Deus é muito maior que um monte de regras, ele é o inventor da liberdade, por que eles nos aprisionaria dentro de uma "receita" para que alcançácemos a salvação? Deus é o idealizador da racionalidade humana, não neguemos à esse traço divino que nos foi dado, nos libertemos dos ideais comuns, dos projetos comuns, dos caminhos comuns...nós somos únicos, não tem lógica seguirmos todos a mesma trilha.


Os trilhos servem para quem não sabe usar uma bússola. (precisamos apenas saber para que lado fica o Norte.)


Um beijo, comentem
Dois beijos xuxu, comente =)

3 comentários:

  1. oii amor muito bom esse texto
    vc tem razao temos muitas regras
    mas muitas pessoas só vivem esssas regras no domingo q é dia de culto e vamos para a igreja e o resto dos dias fingem q nao existem regras da igreja fora dela e fora dela e a regra do mundo .

    ResponderExcluir
  2. Concordo que a experiência com Deus é única, cada um tem a sua. Só não esqueçamos que O caminho é Jesus! Como passamos por Ele, o que fazemos nEle, nossas experiências com Ele, isso é "effectivement unique et singulier".
    Beijo, Flor.

    ResponderExcluir