domingo, 28 de março de 2010

A idéia de geração em geração...

Quem me conhece sabe da certa repulsa que eu tenho à idéia de ter filhos, gravidez, parto e nenéns são coisas que naão me atraem nem um pouco se quer, e não digam que é pela minha idade, porque eu conheço meninas de 13 anos que adorariam casar e ter muitos filhinhos porque adoram bebês, fraudas e mamadeiras, certo....é uma questão minha, nunca gostei, e fim...

A muito tempo me questiono no porque de ter um filho, qual é a lógica?? Analisando o mundo como hoje ele é, podemos concluir que o planeta, a humanidade e todo o sistema que conhecemos está caminhando para o fim, e nessa linha de raciocínio eu pensava: "pra que então ter um filho? Mais um a passar sede no futuro, mais um ser humano que terá problemas, sofrimentos, tristezas, choros e perdas, tudo isso pode ser evitado, não tendo um filho, encerrando uma geração, seria encerrar um possível problema". Certo...
Agora, você Augusto que odeia essa minha antiga idéia a respeito de filhos, vai gostar da minha nova conclusão..rs.
Hoje, durante a E.B.D (escola bíblica dominical), não sei como o assunto estava em machismo, sociedades antiquadas, povos antigos, reis, rainhas, culturas, enfim....a aula discutia o sistema, e por esses caminhos uma frase que eu mesma disse, me fez pensar um pouco além, eu disse "muitos problemas de interpretação na bíblia não existiriam se nas línguas a palavra "homem" não valesse também para o significado da palavra "humanidade".....porque, imaginem só, existem versículos que quando dizem "homem" querem dizer "humanidade" ,mas, por ignorância de alguns, a o versículo se deturpa em seu sentido e a palavra é espalhada de forma errada, interpretando esses versículos como se Deus desse preferência ao homem (macho), deixando a mulher em segundo plano, e na realidade duvido muito que Deus faça esse tipo de separação, somos todo importantes de igual maneira perante Deus...

E nessa linha de raciocínio eu fui andando, andando, e numa hora eu estava pensando "queria tanto que mais gente pensasse igual a mim, compartilhasse dos mesmos ideais". Eu sou uma pessoa racional, eu gosto de pensar e concluir coisas deixando de lado o fervor do sentimento, dos sentidos coisa e tal, então, por isso, eu consigo convencer um certo número de pessoas de que eu estou certa sobre certos assuntos, mas uma hora eu vou morrer, meu conhecimento, minhas idéias, minhas conclusões, os livros que li, tudo será enterrado junto comigo, e como fica?? O meu trabalho foi vão?eu lutei por ideais durante 70, 80 anos para simplesmente deixar de existir nessa terra? Aí entra o sentido do filho.

O filho, é o seu sucessor, ter um bebê é a oportunidade que Deus te dá de poder influenciar significativamente no crescimento e formação de um adulto, isso mesmo, filhos são adultos, não podemos olhar para um bebê e imaginar que ele será rosado e fofo para sempre, não, ele vai crescer, quando fizer 16 anos vai votar, e em quem votará? Quando terminar a escola vai entrar pra faculdade, vai mesmo querer entrar numa faculdade? Quando chegar em que vai querer casar, com quem ele vai casar?...essas são apenas algumas das infinitas questões que formam um ser humano, e pessoas mal educadas ( no sentido da coisa), fracassam em todas essas áreas, 98% dos acertos e fracassos de uma pessoa, é culpa ou mérito dos pais.

Então, agora aceito a idéia de ter um filho, até quero um agora..rsrsrsrs, porque se Deus me der um menino, quero zelar para que 24 horas ele esteja se tornando um homem exemplar, quero ensina-lo a ser cavalheiro, a ser cuidadoso, dar o exemplo de andar segundo a vontade de Deus, quero ensina-lo a saber votar, a pensar, a comer, quero facilitar as oportunidades, quero ajuda-lo a caminhar na direção à evolução do pensamento, e não ficar parado olhando as paredes e correntes como ilustrava o livro de José Saramago- A Caverna. E se Deus me der uma menina, quero ensina-la a ser mulher, a ser comportada, a ser esperta, quero ensinar que mulheres não devem ter como objetivo de vida casar e procriar, e sim crescer e se destacar, quero ensina-la ser feminina e delicada sem perder a vontade de lutar, de vencer, de concorrer, de trabalhar, de estudar e vencer....

Filhos, são a continuação na idéia, do objetivo, do pensamento, é quem vai carregar a sua bagagem quando você morrer, quem vai expandir seus ideais...é o que imortaliza o pensamento, já ouvi a frase, todo mundo já ouviu, não sei de quem é a tal "o artista se imortaliza em sua obra", não há obra mais complexa e genial que um filho, é uma obra que anda, que fala, que corre, que pensa, que conclui, discorda, concorda....

Agora vocês estão a pensar, que não podemos traçar os destinos de nossos filhos, eu sei, eu concordo....não podemos traçar os caminhos, mas podemos mostrar as estradas, e com uma boa forma didática, exemplo compatível com o discurso, e 24h de investimento, o filho certamente seguirá os ensinamentos dos pais, todo ser humano é inteligente o suficiente para tal coisa.

O grande problema é que hoje, os pais esquecem por segundos, por horas, que são pais!! Que tem uma pessoa analisando seus passos, bebendo suas palavras, imitando seu exemplo, ser pai não é fácil, ser mãe é...mais complicado (ninguém merece uma gestação rsrsrs), e o mais difícil, é que ser pai é 24h, então a grande questão é, ter um filho é fácil, mas....educar uma pessoa, é grande dificuldade, e nós, humanos pecadores, realmente não somos qualificados para tal missão, e aí entra Deus novamente na história, nunca criaremos filhos sem a ajuda absoluta de Deus....

Voltamos para o ponto inicial de nossa vida cristã, voltamos paras as primeiras aulas de E.B.D : temos que seguir a Deus, confiar e acreditar, "Entrega teu caminho ao Senhor,confia nele, e Ele tudo fará. Salmos 37-5"

Um beijo povo

Dois beijos Xuxu S2

7 comentários:

  1. É natural querer ter filhos é uma etapa da vida onde você passa sua informação genética tem também questões de cultura e religião contudo o primordial é a genética `` a forma que continuamos a viver´´ enfim estratégia de sobrevivência da espécie,todos os humanos desejam se perpetuar.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite..

    venho por meio deste a pedido da minha carissima amiga Selmy..

    Bom,Filhos!!!

    O que exatamente representa um filho???..

    Nao possuo grande conhecimeno sobre o mesmo pois nao sou pai..mas como filho de um pai direi oque penso...

    Nao podemos pensar em filhos apenas como algo que dá trabalho e dores de cabeça..Como tudo na vida tem seus altos e baixos filhos nos proporcionam grandes alegrias..alegrias com valores inestimaveis...
    Filho é sinonimo de grande responsabilidade..portanto é algo complexo que palavras nao podem descrever..

    Quero sim um dia ter filhos,pois é algo que me cativa e algo divino..Posso afirmar que muitos que tiveram seus filhos em situaçoes financeiras complicadas passarao por maus bocados,mas nunca com arrependimento do mesmo..
    Podemos afirmar que se todos que tiverao filhos tivessem uma condiçao financeira estavel,sulficiente para dar condiçao aos seus filhos o mundo nao seria como ele é hoje..
    Portanto se pensarmos em termos filhos apenas pelo AMOR estariamos de certa forma equivocados..o AMOR é a base de tudo porem uma condiçao financeira boa influencia em uma boa educaçao ..boa saude..lazer e como um "efeito domino" influencia-ra em diversos fatores..

    Portanto voce simplesmente ter VONTADE de ter filho é um começo..desde de que voce esteja conciente das responsabilidades..
    E se voce pensar tambem que o mundo hoje em dia esta pessimo para ter filhos e tal..nao poderia discordar mas sim alertar de que antigamente o mundo tambem nao era um mundo "MELHOR"..
    Imagine-se voce com filhos..mas nao epoca nao existia carro..telefone..Luz..havia conflitos..revoluçoes,guerras..Os direitos nao eram justos muito menos coerentes..
    os partos eram dificeis..
    entaum temos que relevar algumas questoes..Comparar o ontem e o hoje ..

    Ja aquela questao .."Como alguem pode querer ter um filho?"..essa apenas um pai uma mae podera responder...

    enfim..Se voce pensa em ter filhos otimo..se filhos fosse ruim..ninguem teria..

    Mas se voce tiver um filho..e ele te irritar nao jogue ele pela janela..isso pode te dar de 26 a 31anos de cadeia .
    ahaahuahahuh!!

    ResponderExcluir
  3. Você faz prova de grande amadurecimento, Sel! Eu tenho orgulho de você ^^
    Bom, eu quero ter 7 filhos! Pra tentar ensinar tudo o que sei :)

    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Mahtma Henrique s.30 de março de 2010 11:02

    ai ai ...

    Não sei. Um filho é uma oportunidade dentre as várias que Deus concede a alguns para que tenhamos a chance de dar uma boa formação moral a um outro ser humano, que por ser pensante pode seguir por um caminho diferente do nosso. Não fazer de alguns de nossos ideais os deles.

    Temos muitas maneiras de marcarmos o mundo, a internet é uma delas, ou talvés escrevendo um livro poderemos impregna-lo também. Ou simplesmente sendo cristãos ou seja, tendo a moral de Cristo como nossa lei. E assim sendo a cada pequeno instante dividindo a nossa Luz com os que estão ao nosso redor.

    Filhos pode ser muito bom. ou não.

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto minha escritora!!!
    E pensar que essa mudança de conceitos pode também afetar minha vida... Pensou nisso???
    Bem, concordo com o estilo de educação que será dada à menina.Você sabe que eu nutro um forte sentimento feminista. Mas... "pera lá", tudo não está idealizado demais? Acho que vc se esquece que onde há uma mãe pra contruir, há uma avó pra estragar...rsrs Mil bjs. JÊ;.

    ResponderExcluir
  6. Pôxa, o assunto rendeu, hem? Rsrs.Esse tema tem dinâmica própria. Mas a sua idéia sobre o que fazer de um filho, é boa.Exemplos e discursos com coesão dão certo. Vá em frente.Bj da vó.

    ResponderExcluir
  7. Também deu pra ver que a Ceci está com a cabeça transbordando de conhecimentos, experiências e sabedoria; tem de distribuir tamanho acervo entre 7 filhos... (vó)

    ResponderExcluir